Perfil audiométrico dos doentes com implante coclear

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.2073

Palavras-chave:

Surdez, Implante coclear

Resumo

Objetivos: Caracterizar a população reabilitada com implante coclear (IC) num hospital ao longo de 9 anos.
Desenho do estudo: Retrospetivo
Material e métodos: A avaliação da audição pré e pós-implante coclear foi realizada por audiometria tonal e vocal (cada ouvido separadamente e em campo livre). Nos casos não elegíveis para audiometria convencional realizou-se audiometria de reforço visual ou potenciais evocados auditivos do tronco cerebral (PEATC).
Resultados e Conclusões: Implantaram-se 37 indivíduos (46 ouvidos); idade média 35,1 anos (mín:1; máx:74); 62,2% do sexo masculino. No que diz respeito à audição pré-IC, nas crianças documentaram-se 3 casos de ausência de ondas nos PEATC, 6 casos de surdez profunda e 2 casos de surdez grave. Nos adultos, o limiar tonal médio (LTM) pré-IC do melhor ouvido foi de 91,9dB (mín: 72,5; máx: 103,7). Na avaliação audiométrica pós-IC, no caso das crianças, o LTM foi de 46,5dB (mín: 26; máx: 71,3). O grupo dos adultos apresentou um LTM de 39,9dB (mín: 22,8; máx: 77,5. Em termos de audiometria vocal, o máximo de inteligibilidade para palavras dissilábicas passou de 18,1% (mín:0; máx:80) sem IC para 79,5% (mín:30; máx:100) com IC; p<0,001. Globalmente, os limiares tonais dos indivíduos implantados melhoraram.

Referências

Arnoldner C, Lin VY. Expanded selection criteria in adult cochlear implantation. Cochlear Implants Int. 2013 Nov;14 Suppl 4:S10-3. DOI: https://doi.org/10.1179/1467010013Z.000000000123.

Georges FHM. Rastreio e tratamento da surdez com implantes cocleares em idade pediátrica. Norma nº 018/2015 de 11/12/2015 atualizada a 14/07/2017. Direção Geral de Saúde. Disponível em: https://normas.dgs.min-saude.pt/wp-content/uploads/2019/09/rastreio-e-tratamento-da-surdez-com-implantes-cocleares-em-idade-pediatrica.pdf

Alves M, Ramos D, Alves H, Martins JH, Silva L, Ribeiro C. Os questionários mais e muss na avaliação da evolução do desempenho auditivo e comunicativo de crianças utilizadoras de implante coclear. Port J ORL 2023; 53(3):145-8. DOI: https://doi.org/10.34631/sporl.591

O’Donoghue GM, Nikolopoulos TP, Archbold SM. Determinants of speech perception in children after cochlear implantation. Lancet. 2000 Aug 5;356(9228):466-8. DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(00)02555-1.

Kang DH, Lee MJ, Lee KY, Lee SH, Jang JH. Prediction of cochlear implant outcomes in patients with prelingual deafness. Clin Exp Otorhinolaryngol. 2016 Sep;9(3):220-5. DOI: https://doi.org/10.21053/ceo.2015.01487.

Rasmussen KMB, West NC, Bille M, Sandvej MG, Cayé-Thomasen P. Cochlear implantation improves both speech perception and patient-reported outcomes: a prospective follow-up study of treatment benefits among adult cochlear implant recipients. J Clin Med. 2022 Apr 18;11(8):2257. DOI: https://doi.org/10.3390/jcm11082257.

Roque Reis L, Castelhano L, Gani K, Correia F, Nunes G, Santos R. et al. Translation, cultural adaptation and contributions to the validation of the Nijmegen Cochlear Implant Questionnaire (NCIQ) for european portuguese. Acta Med Port. 2022 Dec 2;35(12):866-873. DOI: https://doi.org/10.20344/amp.16632.

Dammeyer J, Chapman M. Prevalence and characteristics of self-reported physical and mental disorders among adults with hearing loss in Denmark: a national survey. Soc Psychiatry Psychiatr Epidemiol. 2017 Jul;52(7):807-813. DOI: https://doi.org/10.1007/s00127-017-1397-6.

Publicado

26-12-2023

Como Citar

O’Neill Mendes, N., Antunes, J., Pedrosa, G., Carvalho, L., Barbosa, L., Guimarães, A., & Freire, F. (2023). Perfil audiométrico dos doentes com implante coclear. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia-Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 61(4), 383–389. https://doi.org/10.34631/sporl.2073

Edição

Secção

Artigo Original