[1]
S. Pereira, «Infecções cervicais – Casuística dum serviço de ORL», Port J ORL, vol. 49, n. 3, pp. 139-145, 1.