[1]
Gambôa, I.F., Ribeiro Costa, N., Duarte, D. e Oliveira, N. 2017. Morbilidade pós-amigdalectomia em idade pediátrica: Comparação das técnicas de disseção a frio e com bipolar. Revista Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. 55, 1 (Dez. 2017), 9-13. DOI:https://doi.org/10.34631/sporl.676.