Reconstrução de defeitos pré-auriculares complexos com retalho muscular temporal revestido com enxerto cutâneo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.807

Palavras-chave:

músculo temporal, retalho pediculado, cirurgia reconstrutiva

Resumo

Defeitos complexos de cabeça e pescoço resultam frequentemente de cirurgia oncológica ou de trauma major. O revestimento destes defeitos é realizado muitas vezes com recurso a retalhos livres. Contudo, em doentes que careçam de condições operatórias para cirurgias prolongadas, os retalhos regionais fazem parte das opções reconstrutivas.

Apresentamos dois casos clínicos em que utilizámos o retalho muscular temporal revestido com enxerto de pele parcial em lâmina, na reconstrução de defeitos da região pré-auricular após resseção de tumores cutâneos malignos.

A viabilidade do retalho foi de 100% com boa adaptação dos enxertos cutâneos. Num dos casos houve neuropraxia do nervo facial que provavelmente resultou da parotidectomia superficial e que reverteu em 2 meses. Não foi possível manter a permeabilidade do canal auditivo externo. O resultado estético e funcional foi satisfatório.

O retalho muscular temporal é uma excelente alternativa a retalhos livres para reconstrução de defeitos complexos da cabeça e pescoço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Lentz J. Résection du col du condyle avec interposition d’un lambeau temporal entre les surfaces de résection. Guérison. Assoc Franc. de Chirur. 1895; 9:113–117.

Hanasono MM, Utley DS, Goode RL. The temporalis muscle flap for reconstruction after head and neck oncological surgery. Laryngoscope. 2001 Oct; 111(10):1719-25 doi: 10.1097/00005537-200110000-00009.

Spanio Di Spilimbergo S, Nordera P, Mardini S, Castiglione G. et al. Pedicled Temporalis Muscle Flap for Craniofacial Reconstruction: A 35-Year Clinical Experience with 366 Flaps. Plast Reconstr Surg. 2017 Feb; 139(2):468e-476e. doi: 10.1097/PRS.0000000000003011.

Shanmugam S, Govindasamy G, Hussain SA. et al. Temporalis Muscle Flap in Head and Neck Reconstructions Is That Forgotten or Forbidden? Our Case Series and Review of Literature. Indian J Surg Oncol 2017; 8(3): 321–325 doi.org/10.1007/s13193-017-0656-z.

Clauser L, Curioni C, Spanio S. The use of the temporalis muscle flap in facial and craniofacial reconstructive surgery: A review of 182 cases. J Craniomaxillofac Surg. 1995 Aug; 23(4):203-14. doi: 10.1016/s1010-5182(05)80209-4.

Cordeiro PG, Wolfe SA. The temporalis muscle flap revisited on its centennial: Advantages, newer uses, and disadvantages. Plast Reconstr Surg. 1996 Nov; 98(6):980-7. doi: 10.1097/00006534-199611000-00008.

Herr MW, Emerick KS, Deschler DG. The Supraclavicular Artery Flap for Head and Neck Reconstruction. JAMA Facial Plast Surg. 2014 Mar-Apr; 16(2):127-32 doi: 10.1001/jamafacial.2013.2170.

Publicado

2021-09-04

Como Citar

Serra, M., Varela, F., Azevedo, L., Sá, Ângelo, Sousa, P., & Bastos, R. (2021). Reconstrução de defeitos pré-auriculares complexos com retalho muscular temporal revestido com enxerto cutâneo. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 59(3), 287-291. https://doi.org/10.34631/sporl.807

Edição

Secção

Caso Clínico