Complicação intracraniana na otite média com deiscência do tegmen: Abordagem cirúrgica

Palavras-chave: defeito do tegmen, abordagem transmastoideia, via fossa média, abordagem combinada, mastoidectomia

Resumo

Objetivos: Reportar a experiência do serviço na abordagem cirúrgica de doentes admitidos entre 2012 e 2018, por infeção intracraniana de origem otogénica, no contexto de deiscência do tegmen.

Desenho do Estudo: Retrospectivo, série de casos

Material e Métodos: Foi avaliado a patologia otológica préexistente, complicação intracraniana, abordagem cirúrgica e o seu timing, materiais utilizados na correção do defeito, assim como o tempo de follow-up.

Resultados: Foram incluídos 12 doentes submetidos a tratamento cirúrgico por complicação infeciosa intracraniana (meningite/ abcesso/ meningoencefalite/ trombose venosa séptica). A etiologia mais frequente foi a otite média crónica colesteatomatosa. A via transmastoideia foi a abordagem mais utilizada. Em dois casos foi utilizada uma abordagem combinada via fossa média com a colaboração de Neurocirurgia. Apenas um caso necessitou de cirurgia de revisão.

Conclusão: A correção do foco infecioso é crucial para a resolução da complicação intracraniana, sendo importante a sua abordagem multidisciplinar o mais precocemente possível. A via transmastoideia revela-se uma opção segura e familiar para o otorrinolaringologista com elevada eficácia.

Downloads

Não existe ainda disponível informação de downloads.

Referências

Markou K, Goudakos J, Franco-Vidal V, Vergnolles V, Vignes JR, Darrouzet V. Spontaneous osteodural defects of the temporal bone: Diagnosis and management of 12 cases. Am J Otolaryngol. 2011 Mar-Apr;32(2):135-40. doi: 10.1016/j.amjoto.2009.12.003

Kim L, Wisely CE, Dodson EE. Transmastoid approach to spontaneous temporal bone cerebrospinal fluid leaks: hearing improvement and success of repair. Otolaryngol Head Neck Surg. 2014 Mar;150(3):472-8. doi: 10.1177/0194599813518173.

Marchioni D, Bonali M, Alicandri-Ciufelli M, Rubini A, Pavesi G, Presutti L. Combined approach for tegmen defects repair in patients with cerebrospinal fluid otorrhea or herniations: our experience. J Neurol Surg B Skull Base. 2014 Aug;75(4):279-87. doi: 10.1055/s-0034-1371524.

Braca JA, Marzo S, Prabhu VC. Cerebrospinal fluid leakage from tegmen tympani defects repaired via the middle cranial fossa approach. J Neurol Surg B Skull Base. 2013 Apr;74(2):103-7. doi: 10.1055/s-0033-1333616.

Juliano A, Ginat D, Moonis G. Imaging Review of the Temporal Bone: Part I. Anatomy and Inflammatory and Neoplastic Processes. Radiology. 2013 Oct; 269(1):17-33. doi: 10.1148/radiol.13120733.

Kapur TR. Tegmental and petromastoid defects in the temporal bone. J Laryngol Otol. 1986 Oct;100(10):1129-32. doi: 10.1017/s0022215100100702 .

Nelson RF, Gantz BJ, Hansen MR. The rising incidence of spontaneous cerebrospinal fluid leaks in the United States and the association with obesity and obstructive sleep apnea. Otol Neurotol. 2015 Mar;36(3):476-80. doi: 10.1097/MAO.0000000000000535.

Wahba H, Ibrhaim S, Youssef TA. Management of iatrogenic tegmen plate defects: Our clinical experience and surgical technique. Eur Arch Otorhinolaryngol. 2013 Sep;270(9):2427-31. doi: 10.1007/s00405-012-2260-8.

Rao A, Merenda D, Wetmore S. Diagnosis and management of spontaneous cerebrospinal fluid otorrhea. Otol Neurotol. 2005 Nov;26(6):1171-5.

Publicado
2019-11-24
Como Citar
Sousa Menezes, A., Ribeiro, D., Lima, A., Costa, I., Azevedo, C., & Dias, L. (2019). Complicação intracraniana na otite média com deiscência do tegmen: Abordagem cirúrgica. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 57(1), 23-30. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/773
Secção
Artigo de Revisão