Sinus Pericranii, um desafio na cirurgia de Implante Coclear

  • Margarida Boavida Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca
  • Juan Carlos Cisneros Grupo de Otologia do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
  • Paula Tardim Lopes Grupo de Otologia do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
  • Robinson Koji Tsuji Grupo de Otologia do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
  • Ricardo Ferreira Bento Director do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Sinus pericranni, Síndrome CHARGE, malformação venosa, implante coclear, abordagem suprameatal

Resumo

Pretende-se realizar a exposição de um caso clínico, de um doente do sexo masculino, de 19 anos de idade, com o diagnóstico de S. CHARGE. As malformações venosas do osso temporal são raras, mas são um achado comum no Síndrome de CHARGE. Devido a um quadro de surdez neuro-sensorial progressiva à direita e cofose à esquerda (por agenésia do VIII par), tornou-se candidato para colocação de implante coclear aos 16 anos. Por contra-indicação absoluta para colocação do implante à esquerda, foi colocado o implante à direita, por abordagem suprameatal (devido a malformação venosa que impediu uma abordagem convencional). Não foram registadas complicações. Funcionalmente, o implante coclear permitiu a subida dos limiares tonais médios para 42 dB.

Downloads

Não existe ainda disponível informação de downloads.

Biografia do Autor

Robinson Koji Tsuji, Grupo de Otologia do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Grupo de Otologia do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Brasil

Referências

Friedmann DR, Amoils M, Germiller JA, Lustig LR, Glastonbury CM, Pramanik BK, Lalwani AK. Venous malformations of the temporal bone are a common feature in CHARGE syndrome. Laryngoscope. 2012 Apr;122(4):895-900.

Bouali S, Maamri K, Abderrahmen K, Asma B, Boubaker A, Hafedh J. Clinical and imaging findings in a rare case of sinus pericranii. Childs Nerv Syst. 2015 Sep;31(9):1429-32.

Choi JH, Woo HY. The neglected emissary vein in mastoidectomy; persistent petrosquamosal sinus in the laterally located sigmoid sinus. Am J Otolaryngol. 2013 May-Jun;34(3):255-7.

Çam OH, Karataş M. A Life Threatening Pitfall in Ear Surgery: Extracranial Sigmoid Sinus. J Craniofac Surg. 2015 Oct;26(7):e619-20.

Kronenberg J, Baumgartner W, Migirov L, Dagan T, Hildesheimer M. The suprameatal approach: an alternative surgical approach to cochlear implantation. Otol Neurotol. 2004 Jan;25(1):41-4; discussion 44-5.

Publicado
2017-12-24
Como Citar
Boavida, M., Cisneros, J. C., Tardim Lopes, P., Koji Tsuji, R., & Ferreira Bento, R. (2017). Sinus Pericranii, um desafio na cirurgia de Implante Coclear. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 55(1), 51-54. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/635
Secção
Caso Clínico