Melanoma maligno da mucosa da cabeça e pescoço - Casuística do IPO de Lisboa

Autores

  • Carolina Durão Interna de Otorrinolaringologia do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • João Pimentel Interno de Otorrinolaringologia do Hospital de Egas Moniz
  • Ana Hebe Assistente Hospitalar do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil Lisboa
  • Ricardo Pacheco Assistente Hospitalar do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil Lisboa
  • Pedro Montalvão Assistente Hospitalar Graduado do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil Lisboa
  • Miguel Magalhães Chefe de Serviço Hospitalar e Director de Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.595

Palavras-chave:

Melanoma maligno da mucosa, seios perinasais, cavidade oral

Resumo

Introdução: O melanoma maligno da mucosa (MMM) é uma doença rara com mau prognóstico.

Material e Métodos: Estudo retrospetivo de 32 doentes do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil de Lisboa com MMM da cabeça e pescoço, no período de 1998 a 2012.

Resultados: Dos 32 casos analisados a idade média foi de 70 anos. O tumor primário localizou-se na cavidade nasal e seios peri-nasais em 24 doentes e na cavidade oral em 8 casos. A maioria dos doentes (23) foi submetida a tratamento cirúrgico. Destes, 16 foram propostos para terapêutica complementar com Radioterapia. O tempo de seguimento variou de 26 dias a 10 anos. A sobrevida aos 5 anos foi de 18%.

Conclusões: A maioria dos doentes apresentou um estadio avançado na altura do diagnóstico e, apesar dos tratamentos instituídos, verificou-se uma elevada mortalidade. O tratamento de escolha é a cirurgia. O papel da radioterapia continua a ser controverso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Mendenhall W, Amdur R, Hinerman R, Werning J, et al. Head and Neck Mucosal Melanoma. Am Jounal Clin Oncol Dez 2005 28:626-629

National Comprehensive Cancer Network. Head and Neck Cancers, Version I.2012

Seetharamu N, OTT A, Pavlick A, Mucosal Melanomas: A case-based review of the literature. Oncologist Jul 2010; 15(7):772-781

Moreno, A., Roberts B., Kupferman E., DeMonte F., et al. Mucosal melanoma of the nose and paranasal sinuses, a contemporary experience from the M. D. Anderson Cancer Center. Cancer, Maio 2010 116: 2215–2223.

Cid O. Primary mucosal malignant melanoma of the head and neck, a Review of 29 cases. Skin Cancer. 2003;18:83-90

Manolidis, Spiros, and Paul J. Donald. “Malignant mucosal melanoma of the head and neck.” Cancer 80.8 (2000): 1373-1386.

Medina E., Ferlito A., Pellitteri K., Shaha R., et al. Current management of mucosal melanoma of the head and neck. Journal of surgical oncology, 2006 83(2), 116-122.

Chan L., Chan W. e Wei I. Mucosal melanoma of the head and neck: 32-year experience in a tertiary referral hospital. The Laryngoscope, Dez 2012 122: 2749–2753.

Penel N., Mallet Y., Mirabel X., Van T., et al. Primary mucosal melanoma of head and neck: prognostic value of clear margins. The Laryngoscope, 2006, 116(6), 993-995.

Jethanamest D., Vila P., Sikora A., Morris T. Predictors of Survival in Mucosal melanoma of the Head and Neck. Annals of Surgical Oncology Out 2011, Volume 18, Issue 10, pp 2748-2756.

Prasad L., Patel G., Huvos G., Shah P., et al. Primary mucosal melanoma of the head and neck. Câncer (2004)., 100(8), 1657-1664.

Como Citar

Durão, C., Pimentel, J., Hebe, A., Pacheco, R., Montalvão, P., & Magalhães, M. (1). Melanoma maligno da mucosa da cabeça e pescoço - Casuística do IPO de Lisboa. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 53(3), 167-171. https://doi.org/10.34631/sporl.595

Edição

Secção

Artigo de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 4 5 > >>