Validação do questionário rhinoplasty outcome evaluation (ROE) para português

  • Sara Sena Esteves Interna de ORL do Centro Hospitalar do Porto
  • Ana Pereira da Silva Interna de ORL do Centro Hospitalar do Porto
  • Miguel Gonçalves Ferreira Assistente Hospitalar do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto
  • António Ferreira Assistente Hospitalar do Serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Maxilo-Facial do Centro Hospitalar São João
  • Pedro Ferreira Assistente Hospitalar do Serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Maxilo-Facial do Centro Hospitalar São João
  • José Abrunhosa Assistente Hospitalar Graduado do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto
  • Cecília Almeida e Sousa Diretora do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto
Palavras-chave: questionário, rinoplastia, qualidade de vida, ROE

Resumo

Introdução: A cirurgia estética facial e os seus resultados continuam a ser um desafio, tanto para o doente como para o cirurgião. O Rhinoplasty Outcome Evaluation (ROE) é um questionário de fácil aplicação que abrange os principais aspetos que influenciam a satisfação do doente submetido a rinoplastia. O objetivo deste estudo foi proceder à tradução, adaptação cultural e validação deste questionário da língua inglesa para o Português de Portugal.

Material e Métodos: Estudo retrospetivo com 40 doentes (22 mulheres e 18 homens) no pós-operatório de rinoplastia e 30 voluntários (18 mulheres e 12 homens) sem indicação ou vontade para efetuar rinoplastia ou qualquer outro tipo de cirurgia nasal.

Resultados: O score médio no pós-operatório de 6 meses foi de 19.63 pontos no grupo de doentes, tendo sido de 22.51 pontos nos controles mostrando a validade do questionário (p < 0.05). Foi testada a reprodutibilidade teste-reteste intraentrevistador com 96h de intervalo (r=0,81) e a coerência interna foi alta (coeficiente α de Cronbach de 0,824). Assim, resultou a versão final do ROE, constituído por 6 questões que avaliam os principais fatores que influenciam o contentamento do doente em relação à rinoplastia.

Conclusões: A versão Portuguesa do ROE é um instrumento válido na avaliação de doentes submetidos a rinoplastia, permitindo objetivar a sua satisfação.

Downloads

Não existe ainda disponível informação de downloads.

Referências

Arima LM, Velasco LC, Tiago RSL. Crooked nose: outcome evaluations in rhinoplasty. Braz J Otorhinolaryngol. 2011;77(4):510-5.

Alsarraf R. Outcomes research in facial plastic surgery: a review and new directions. Aesthetic Plast Surg. 2000;24(3):192-7.

Guillemin F, Bombardier C, Beaton D. Cross-cultural adaptation of health-related quality of life measures: literature review and proposed guidelines. J Clin Epidemiol. 1993;46(12):1417-32.

Freiberg A, Giguère D, Ross DC, Taylor JR, Bell T, Kerluke LD. Are patients satisfied with results from residents performing aesthetic surgery? Plast Reconstr Surg. 1997;100(7):1824-31.

Hopkins C, Gillett S, Slack R, Lund VJ, Browne JP. Psychometric validity of the 22-item Sinonasal Outcome Test. Clin Otolaryngol. 2009;34(5):447-54.

Gillett S, Hopkins C, Slack R, Brown JP. A pilot study of the SNOT 22 score in adults with no sinonasal disease. Clin Otolaryngol. 2009;34(5):467-9.

Faidiga GB, Carenzi LR, Yassuda CC, Silveira F, Lago T, Leite MGJ, et al. Long-term evaluation in aesthetic rhinoplasty in an academic referral center. Braz J Otorhinolaryngol. 2010;76(4):437-41.

Como Citar
Sena Esteves, S., Pereira da Silva, A., Gonçalves Ferreira, M., Ferreira, A., Ferreira, P., Abrunhosa, J., & Almeida e Sousa, C. (1). Validação do questionário rhinoplasty outcome evaluation (ROE) para português. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 53(2), 81-85. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/580
Secção
Artigo Original