RINITE: CONHECIMENTO EPIDEMIOLÓGICO EM PORTUGAL

Autores

  • Mário Morais-Almeida Serviço de lmunoalergologia, Hospital de Dona Estefânia, Lisboa
  • Carlos Nunes Centro de lmunoalergologia do Algarve, Porlimão
  • Ângela Gaspar Serviço de lmunoalergologia, Hospital de Dona Estefânia, Lisboa
  • Manuel Branco-Ferreira Unidade de lmunoalergologio, Hospital de Santa Maria, Lisboa.

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.482

Palavras-chave:

Epidemiologia, gravidade, Portugal, prevalência, rinite

Resumo

Nas últimas décadas verificou-se, nas países Ocidentais, um aumento substancial na prevalência de rinite alérgica, sendo o subdiagnóstico e o subtratamento dificuldades acrescidas para a qualidade de vida dos doentes com esta doença inflamatória crónica.

É objectivo deste trabalho de revisão, apresentar dados epidemiológicos nacionais referentes à prevalência de rinite, caracterizando alguns factores de risco, realçando-se o problema da falta de diagnóstico desta situação clínico tão prevalente no nosso país .

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

Morais-Almeida, M., Nunes, C., Gaspar, Ângela, & Branco-Ferreira, M. (1). RINITE: CONHECIMENTO EPIDEMIOLÓGICO EM PORTUGAL. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 44(2), 149-160. https://doi.org/10.34631/sporl.482

Edição

Secção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)