Síndrome de Vernet e síndrome vertiginoso periférico: A propósito de 2 casos clínicos de paragangliomas jugulo-timpânicos

  • Rafaela Veloso-Teles Interna de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar do Alto Ave (CHAA), Hospital Srª da Oliveira
  • Nuno Morais Interno de Neurocirurgia do Hospital de Braga
  • Ricardo Morais Interno de Neurocirurgia do Hospital de Braga
  • Sérgio Caselhos Interno de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar do Alto Ave (CHAA), Hospital Srª da Oliveira
  • Roberto Estevão Interno de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar do Alto Ave (CHAA), Hospital Srª da Oliveira
  • Mariana Cruz Interna de Anatomia Patológica do Hospital de Braga
  • Francisco Moreira da Silva Assistente Hospitalar de Otorrinolaringologia do CHAA, Hospital Srª da Oliveira
  • José António Moreira Costa Chefe de Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Braga
  • Fausto Fernandes Director de Serviço de Otorrinolaringologia do CHAA, Hospital Srª da Oliveira
Palavras-chave: Paraganglioma, Síndrome de Vernet

Resumo

Introdução: Os Paragangliomas Jugulo-Timpânicos são tumores raros, cujos sintomas mais frequentes são a hipoacúsia de transmissão e os acufenos pulsáteis unilaterais. Devido ao seu crescimento insidioso, e às formas de apresentação clínica diversificadas e inespecíficas, são frequentemente detectados em estadios avançados. 

Caso Clínico: Apresentam-se dois casos de doentes com Paragangliomas Jugulo-Timpânicos cujo diagnóstico e estudo foi realizado na consulta de Otorrinolaringologia do nosso Centro Hospitalar. O primeiro caso foi referenciado por disfonia e apresentava ao exame objectivo paralisia do IX, X e XI pares direitos (Síndrome de Vernet) e uma neoformação ruborizada visualizada através dos quadrantes inferiores da membrana timpânica. O segundo caso é o de uma doente referenciada por vertigem, acufenos e hipoacusia neurossensorial à direita, e que à otoscopia apresentava uma neoformação pulsátil a nível do ouvido médio direito. 

Discussão: Estes tumores têm manifestações variáveis e a investigação básica deve incluir audiometria, exames imagiológicos, nomeadamente tomografia computorizada e ressonância magnética, bem como o doseamento de metabolitos das catecolaminas. A angiografia tem interesse diagnóstico e na embolização pré-cirúrgica. O tratamento é discutido caso a caso, podendo ser conservador (wait and scan) ou interventivo com recurso a cirurgia, radioterapia e/ ou radiocirurgia. 

Conclusão: A cooperação multidisciplinar é fundamental no estudo, tratamento e acompanhamento destes doentes. O tratamento dos Paragangliomas é um desafio, aguardam-se resultados a longo prazo do uso da radiocirurgia, bem como da investigação e manipulação genética de forma a poder evitar os casos familiares.

Downloads

Não existe ainda disponível informação de downloads.

Referências

-Pluta R, Iuliano B. Glomus Tumors. eMedicine Neurosurgery. 2009

-Snyderman C, Lin D. Paragangliomas of the Head and Neck. UptoDate 18.3. 2010

-Sharma M, Gupta A, Kale S. Gamma-knife radiosurgery for glomus jugular tumors: Therapeutic advantages of minimalism in the skull

base. Neurol India. 2008, 56(1): 57-61

-Kameshwaran M, Natajaran K, Kumar A et al. Unusual Presentation of a Giant Glomus Tumor. Indian J Otolaryngol. 2003,55(3): 196-198.

-Weber P, Patel S. Jugulotympanic Paragangliomas. Otolaryngol Clin North Am. 2001, 34(6): 1231-1240.

-Lalwani A. Current Diagnosis and Treatment. Paragangliomas. Lange. Second edition, 794-803.

-Wasserman P, Savargaonkar P. Paragangliomas. Otolaryngol Clin North Am. 2001, 34(5): 845-860.

-Myssiorek. Head and Neck Paragangliomas. Otolaryngol Clin North Am. 2001, 34 (5): 829-834.

-Szymanska A, Golabek W, Szymanski M; Radiologic approach to jugular bulb paragangliomas. Pol J Radiol. 2007, 72: 21-25.

-Gjuric M, Gleeson M. Consensus Statement and Guidelines on the Management of Paragangliomas of the Head and Neck. Skull Base.

, 19(1): 109-116.

-Michael M. Glomus Jugulare Tumors: Historical Overview of the Management of This Disease. Neurosur Focus. 2005, 17(2)

-Sniezek J, Sabri A, Netterville J. Paraganglioma Surgery: Complications and treatment. Otolaryngol Clin North Am. 2001, 34(5):

-1005.

-Guinard N, Guyot J, Kos I. Jugular and Tympanic Paragangliomas. Rev Med Suisse. 2008, 173(4): 2094-7

Como Citar
Veloso-Teles, R., Morais, N., Morais, R., Caselhos, S., Estevão, R., Cruz, M., Moreira da Silva, F., Moreira Costa, J. A., & Fernandes, F. (1). Síndrome de Vernet e síndrome vertiginoso periférico: A propósito de 2 casos clínicos de paragangliomas jugulo-timpânicos. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 52(2), 83-89. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/460
Secção
Caso Clínico

Trabalhos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)