Mucopiocelo fronto-etmoidal, a propósito de um caso clínico

  • Mafalda Trindade Soares Interna do Internato Complementar do Serviço ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Sofia Decq Mota Interna do Internato Complementar do Serviço ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Teresa Gabriel Interna do Internato Complementar do Serviço ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Ana Guimarães Assistente Hospitalar do Serviço de ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Filipe Freire Assistente Hospitalar Graduado do Serviço de ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Pedro Henriques Assistente Hospitalar Graduado do Serviço de ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Susana Pina Interna do Internato Complementar do Serviço de OFT do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Graça Pires Assistente Hospitalar do Serviço de OFT do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
  • Vítor Gabão Veiga Director do Serviço de ORL do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca
Palavras-chave: mucocelo, seios perinasais, celulite orbitária, cirurgia endoscópica nasal

Resumo

O mucocelo é uma lesão quística, benigna, expansiva dos seios perinasais. A sobreinfecção deste, designada de mucopiocelo, pode levar a um período de crescimento rápido, com maior risco de complicações.

Relata-se o caso clínico de uma doente do sexo feminino, 59 anos, que recorreu ao Serviço de Urgência após crise inaugural de convulsão tónico-clónica generalizada, com queixas de aumento de volume periorbitário direito e febre desde há 1 semana. Apresentava à direita celulite orbitária e proptose ínfero-externa, com área de flutuação na parte medial da pálpebra superior, oftalmoplegia e quemose do olho direito acompanhada de rinorreia mucopurulenta. Realizou TC que demonstrou volumoso abcesso subperiosteal direito, ao nível da parede medial da órbita, tendo como ponto de partida aparente as células etmoidais anteriores homolaterais e seio frontal direito. Colocou-se a hipótese de mucopiocelo fronto-etmoidal. Foi submetida a drenagem de urgência do abcesso e a cirurgia endoscópica nasal com marsupialização da lesão fronto-etmoidal. Verificou-se resolução completa do quadro clínico.

Apesar de consideradas lesões benignas, os mucocelos, apresentam potencial destrutivo, principalmente se infectados, necessitando, por vezes, de intervenção cirúrgica de urgência. A abordagem endoscópica destas lesões reafirma-se como tratamento de eleição.

Downloads

Não existe ainda disponível informação de downloads.

Referências

S Ceylan, F Bora. Endoscopic Management of a Giant Ethmoid Mucocele. The Internet Journal of Otorhinolaryngology. 2007; 6(1):10

Palmer J, Schipor I. Frontal-Orbital-Etmoid Mucoceles. In: Frontal Sinus, 1st ed, 2005: pp75-82

Aydin E, Akkuzu G, Akkuzu B, Bilezikci B. Frontal mucocele with accompanying orbital abscess mimicking a fronto-orbital mucocele: case report. BMC Ear, Nose and Throat Disorders. 2006; 6:6

Santos R, Barbosa L, Belfort M; Feri R et al. Acesso endoscópico para tratamento de mucocelos fronto-etmoidais. Rev. Bras Otorinolaringologia (Online Eng/Ed), 2002; 68(2): 326-9, www.rborlorg.br acedido em Fevereiro 2012

Palmer J, Kennedy D. Concepts of Endoscopic Sinus Surgery: Causes of Failure. In: Cummings Otolaryngology, Head and Neck Surgery, 5th ed, 2010: pp759-774

Howe L, Jones, N. Guidelines for the management of periorbital cellulitis/abscess. Clin. Otolaryngol. 2004; 29: 725-728

Jones N. Management of the Frontal Sinuses. In: Cummings Otolaryngology, Head and Neck Surgery, 5th edition, 2010: pp775-784

Kennedy D, Josephson J, Zinreich S, Mattox D, et al. Endoscopic sinus surgery for mucoceles: a viable alternative; Laryngoscope, 1989, Sep;99(9):885-95

Moriyama H, Nakajima T, Honda Y. Studies on mucoceles of the ethmoid and sphenoid sinuses: analysis of 47 cases. J. Laryngol. Otol. 1992; 106: 23-27

Har-El G. Endoscopic management of 108 sinus mucoceles. Laryngoscope, 2001; 111: 2131–2134

Lal D; Stankiewicks J. Primary Sinus Surgery. In: Cummings Otolaryngology, Head and Neck Surgery, 5th edition, 2010: pp739-758

Younis R, Lazar R, Bustillo A, Anand V. Orbital infection as a complication of sinusitis: Are diagnostic and treatment trends changing? Ear Nose and Throat J, 2002; 81(11):771-775

Aygun N; Zinreich S. Radiology of the Nasal Cavity and Paranasal Sinuses. In: Cummings Otolaryngology, Head and Neck Surgery, 5th ed, 2010: pp662-681

Vicente A, Chaves A, Takahashi E, Akaki F et al. Mucocelo frontoetmoidal: relato de casos e revisão de literatura. Rev. Bras Otorinolaringologia (Online Eng/Ed), 2004; 70(6): 850-4, www.rborlorg.br acedido em Fevereiro 2012

Como Citar
Trindade Soares, M., Decq Mota, S., Gabriel, T., Guimarães, A., Freire, F., Henriques, P., Pina, S., Pires, G., & Gabão Veiga, V. (1). Mucopiocelo fronto-etmoidal, a propósito de um caso clínico. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 52(4), 235-238. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/440
Secção
Caso Clínico