Avaliação do desempenho em pacientes adultos com mais de 15 anos de uso de implante coclear – A nossa experiência

  • Jorge Humberto Martins Audiologista do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Marisa Alves Mestre em Ciências da Fala e da Audição; Terapeuta da Fala do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Daniela Ramos Terapeuta da Fala do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Helena Alves Terapeuta da Fala do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Conceição Peixoto Médica ORL do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Susana Andrade Médica ORL do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Luis Silva Médico Especialista do Serviço de ORL do CHUC, EPE
  • Carlos Ribeiro Director de Serviço de ORL do CHUC, EPE
Palavras-chave: Implante coclear, percepção auditiva, adultos, avaliação resultados

Resumo

Objectivo: Neste trabalho, os autores compararam o desempenho nos testes de avaliação de ganho tonal e vocal e testes de desempenho auditivo que integram o protocolo de avaliação desenvolvido pelo Serviço de Otorrinolaringologia (ORL) do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra – Hospital Geral.

Material e Métodos: Foram criados 2 grupos: Grupo 1 – 21 indivíduos com 15 ou mais anos de implante coclear (IC) e Grupo 2 – 263 indivíduos com menos de 15 anos de implante coclear.

Resultados: Os resultados na avaliação do benefício tonal revelou diferença estatisticamente significativa nas frequências de 250, 4000 e 6000 Hz, sendo evidenciado melhor desempenho no grupo 1 (p<0.05). Os resultados na avaliação do benefício vocal, monossílabos, números, frases, testes de vogais, consoantes, 100 palavras e discriminação de pares mínimos não revelaram diferença estatisticamente significativa.

Discussão e Conclusão: Os resultados apresentados estão de acordo com os encontrados na literatura internacional e revelam que esta técnica de reabilitação auditiva da surdez profunda é um método seguro, fiável e eficaz a longo prazo.

Downloads

Não existe ainda disponível informação de downloads.

Referências

Teoh, S. W., Pisoni, D. B. and Miyamoto, R. T., 2004, Cochlear Implantation in Adults with Prelingual Deafness. Part I Clinical Results. The Laryngoscope, 114: 1536-1540.

Dorman, M. F. Speech Perception by Adults. in S. B. Waltzman and N. L. Cohen. Cochlear Implants. New York : Thieme, 2000.

Lenarz, N.; Sönmez, H.; Joseph, G.; Büchner, A.; Lenarz, T., 2012, Long-Term Performance of Cochlear Implants in Postlingually Deafned adults. Otolaryngol Head Neck Surg, February 17, Pulishing Online.

Kanekama, Y., Hisanaga, S., Sekiyama, K. , 2010, Long-term Cochlear Implant Users Have Resistence to Noise, but Short-term Users Don’t. ISCA Archive, 2010, Vol. 3.

Damen, G.; Beynon, A.; Krabbe, P.; Mulder, J.; Mylanus, E., Cochlear implantation and quality of life in postlingually deaf adults: Long-term follow-up.: Otolaryngolgy Head Neck Surg, 2007, 136 (4); 597-604.

Ruffin, C. V.; Tyler, R. S.; Witt, S. A.; Gantz, B. J.; Rubinstein, J. T., Long-term Performance of Clarion 1.0 Cochlear Implant Users. The Laryngoscope, 2007, 117: 1183-1190.

Maurer, J.; Marangos, N.; Ziegler, E., 2005, Reability of cochlear implants, Otolaryngol, Head Neck Surg, 132 (5); 746-50

Martins, J.H.; Januário, J.; Alves, M.; Ramos, D.; Alves, H.; et. al. 2009, Validation list of monosyllables, numbers and sentences for speech audiometry for Adults, Clínica e Investigação Otorrinolaringologia, 3(1), 54-59

Sorrentino, T.; Côté, M.; Eter, E.; et. al. 2009, Cochlear reimplantations: technical and surgical failures, Acta Oto-Laryngologica, 129: 380-384

Como Citar
Martins, J. H., Alves, M., Ramos, D., Alves, H., Peixoto, C., Andrade, S., Silva, L., & Ribeiro, C. (1). Avaliação do desempenho em pacientes adultos com mais de 15 anos de uso de implante coclear – A nossa experiência. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 52(4), 223-226. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/438
Secção
Artigo de Revisão

Trabalhos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)