Detecção e genotipagem do HPV em esfregaços e biópsias buco-faríngeos

  • Daniela Cochicho Virologista, Laboratório de Virologia – Serviço de Patologia Clinica do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Ana Hebe Assistente Hospitalar, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Hugo Estibeiro Assistente Hospitalar Graduado, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Ligia Ferreira Assistente Hospitalar Graduado, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Luis Martins Virologista, Laboratório de Virologia – Serviço de Patologia Clinica do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Luis Oliveira Assistente Hospitalar Graduado, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Pedro Montalvão Assistente Hospitalar Graduado, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Ricardo Pachecho Assistente Hospitalar, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Rui Fino Assistente Hospitalar Graduado, Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Mário Cunha Virologista, Responsável do Laboratório de Virologia – Serviço de Patologia Clinica do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
  • Miguel Magalhães Director de Serviço de Otorrinolaringologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa
Palavras-chave: Detecção HPV, HPV16, carcinoma da orofaringe, factores de risco

Resumo

Objectivo: Detecção do HPV em esfregaços de biópsias buco-faringeos e determinar os genótipos mais frequentes nos carcinomas da orofaringe HPV positivo.

Desenho do estudo: Estudo prospectivo observacional

Material e Métodos: População de análise entre o período de 2009 a 2014 do Serviço de Otorrinolaringologia do IPOLFG com lesões na orofaringe. A detecção e genotipagem do HPV elaboradas por técnicas de biologia molecular (PCR em Tempo Real, arrays e Liras) que detectam cerca de 40 genótipos de HPV.

Resultados: Dos 78 pacientes avaliados, entre os quais 60 homens e 18 mulheres, o diagnóstico clínico de carcinoma de células escamosas foi confirmado em 58 pacientes, com 50% positivas para o HPV, onde o HPV16 é o genótipo mais frequente (62%).

Conclusões: Os dados obtidos, prevalência do HPV e genótipo mais frequente são semelhantes aos obtidos noutros estudos e vêm confirmar a existência de duas entidades distintas (carcinoma HPV positivo e carcinoma HPV Negativo) na população analisada.

 

Referências

- Globocan:http://gco.iarc.fr/today/fact-sheetscancers?cancer=4&type=0&sex=0; 28-11-2016

- National Cancer Institute: Oropharyngeal Cancer Tratment (PDQ); Health Professional Version; last modified 02/17/2016

- Oncologia Oral. Lucio Lara Santos; Luis Medeiros Teixeira. Bial. Lidel, Junho 2011. ISBN978-972-757-782-8

- Sturgis EM; Cinciripini PM. Trends in Head and Neck Cancer Incidence in relation to smoking prevalence. An emerging Epidemic of Human Papillomavirus-Associated Cancers? Cancer vol.110 (7) [1429-1435]. Outubro 2007

- Syrjanen S. Human Papillomaviruses in Head and Neck Carcinomas. N Engl J Med 356;19 [1993-1996]. Maio 2007

- Dalianis T; Nasman A; et al. Incidence of Human Papillomavirus (HPV) positive tonsillar carcinoma in Stockholm, Sweden: An epidemic of viral-induced carcinoma? Int. J. Cancer: 125, 362-366. 2009

- World Health Organization - International Agency for Research on Cancer. IARC Monographs on the Evaluation of Carcinogenic Risks to Humans. Volume 90, Human Papillomaviruses. WHO Press. Lyon, France 2007. ISBN 978-92-832-1290-4

- Evans M; Powell NG. The changing Aetiology of Head and Neck Cancer: the role of Human Papillomavirus. Clinical Oncology 22 (7) [538-46]. Setembro 2010

- Denaro N; Russi E; et al. State of the Art and Emerging Treatment Options in the Management of Head and Neck Cancer: News from 2013. Oncology 86 [212-229]. Maio 2014

- Whang SN, Filippova, M, et al. Recent Progress in Therapeutic Treatments and Screening Strategies for the Prevention and Treatment of HPV-Associated Head and Neck Cancer. Viruses 7 [5040-5065] 2015

- Huang, SH, Xu W, et al. Refining American Joint Committee on Cancer/Union for International Cancer Control TNM Stage and Prognostic Groups for Human Papillomavirus-Related Oropharyngeal Carcinomas. Journal of Clinical Oncology 33 (8) [836-847] 2015

- Payan C.; Human Papillomavirus Quantification in Urine and Cervical samples by using the MX4000 and lightcycler general realtime PCR systems. Journal of Clinical Microbiology, vol 45 (3) [897–901], mar. 2007

Publicado
2018-05-13
Como Citar
Cochicho, D., Hebe, A., Estibeiro, H., Ferreira, L., Martins, L., Oliveira, L., Montalvão, P., Pachecho, R., Fino, R., Cunha, M., & Magalhães, M. (2018). Detecção e genotipagem do HPV em esfregaços e biópsias buco-faríngeos. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia Cérvico-Facial, 55(3), 133-137. Obtido de https://journalsporl.com/index.php/sporl/article/view/414
Secção
Artigo Original