A técnica endoscópica endonasal no diagnóstico de lesões da base do crânio: A propósito de um cordoma do clivus

Autores

  • Cláudia Reis Interna Complementar do Serviço ORL do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • José Gameiro dos Santos Assistente Hospitalar Graduado do Serviço ORL do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Rosário Figueirinhas Assistente Hospitalar do Serviço ORL do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Telma Feliciano Assistente Hospitalar do Serviço ORL do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Cristina Ramos Assistente Hospitalar do Serviço Neurorradiologia do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Melo Pires Assistente Hospitalar do Departamento de Neuropatologia do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Cecília Almeida e Sousa Directora do Serviço ORL do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.202

Palavras-chave:

Técnica endoscópica endonasal, Clivus, Cordoma

Resumo

A técnica endoscópica endonasal, universalmente implementada no diagnóstico e tratamento de múltiplas patologias nasossinusais, surge como uma alternativa válida aos métodos tradicionais de biópsia da base do crânio. De acordo com a literatura disponível, apresenta taxas de sucesso comparáveis ou mesmo superiores às abordagens neurocirúrgicas, com menor morbilidade, desde que efectuada por equipas cirúrgicas experientes e após um estudo pré-operatório cuidadoso. O objectivo deste artigo é a apresentação de um caso clínico de lesão tumoral do clivus, cuja biópsia realizada por via endoscópica demonstrou tratar-se de um cordoma, a mais frequente das neoplasias intrínsecas desta região da base do crânio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Schlosser, R. J., Kennedy, D. W., Nasal endoscopy, capítulo 105 em Scott Brown’s Otorhinolaryngology, Head and Neck Surgery, Sétima

Edição, p. 1344-1354

Scholz, M. et al., Skull base approaches in neurosurgery, Head & Neck Oncology 2010, 2, p. 9-16

Jackler, R.K., Neurotologic skull base surgery, capítulo 65 em Lange, p. 865-868

Chugh, R. et al., Chordoma: the nonsarcoma primary bone tumor, The Oncologist, 2007; 12, p. 1344-1350

Erdem. E. et al., Comprehensive review of intracranial chordoma, Radiographics, 2003; 23, p. 995-1009

Harbour, J. W. et al., Clivus chordoma: a report of 12 recent cases and review of the literature, Skull Base Surgery, 1991;1, p. 200-206

McMaster, M.L. et al., Chordoma: incidence and survival patterns in the United States, 1973-1995. Cancer Causes Control 2001; 12, p.1-11

Eliashar, R. et al., Image guided navigation system—a new technology for complex endoscopic endonasal surgery, Postgrad Med

J, 2003;79, p. 686–690

Naokatsu, S. et al., Endoscopic endonasal pituitary and skull base surgery, Neurol Med Chir, 2010; 50, p. 756-764

Shahzada, K.A. et al., Clivus chordoma: is it enough to image the primary site?, Skull Base, 2010; 20, p. 111-113

Como Citar

Reis, C., Gameiro dos Santos, J., Figueirinhas, R., Feliciano, T., Ramos, C., Pires, M., & Almeida e Sousa, C. (1). A técnica endoscópica endonasal no diagnóstico de lesões da base do crânio: A propósito de um cordoma do clivus. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 49(4), 293-297. https://doi.org/10.34631/sporl.202

Edição

Secção

Caso Clínico

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

<< < 1 2 3